HelpDesk Aplicativos Segunda via boleto Alô, Contador

Exata

Detalhes da Notícia

05 de Setembro de 2016
Fórum de combate à corrupção é criado no Espírito Santo

Um acordo de cooperação técnica com o objetivo de combater a corrupção foi criado na manhã desta segunda-feira (29) no Espírito Santo. O Fórum de Combate à Corrupção no Espírito Santo (Focco/ES) reúne órgãos públicos com missão de fortalecer e aprimorar as ações voltadas para o combate às fraudes na gestão pública no Estado.

Além da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), fazem parte do acordo a Polícia Federal (PF), o Ministério Público do Espírito Santo (MPES), o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle, a Receita Federal, o Tribunal de Contas da União (TCU) e o Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCEES).
 
O Fórum surge da necessidade de fortalecimento e aprimoramento de ações voltadas para o combate à corrupção no Estado. Além disso, o Focco reforça o esforço conjunto entre as instituições e órgãos públicos envolvidos, com ações direcionadas à fiscalização da gestão pública, ao diagnóstico e ao combate à corrupção e à transparência pública.
 
O procurador regional da República e Conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Fábio George Cruz da Nóbrega, destacou que o desafio de enfrentar a corrupção é muito maior do que a população pensa. De acordo com Nóbrega, o prejuízo com esta prática no Brasil é de R$ 200 bilhões por ano, com um custo individual, por brasileiro, de R$ 1 mil. “A corrupção está diretamente ligada à falta de educação. Nenhum país avançou no combate à corrupção sem ter uma educação de qualidade.” 
 
Para o procurador, a atuação no combate à corrupção precisara acontecer em várias frentes, entre elas: órgãos públicos, sociedade civil, imprensa, empresários, instituições de ensino, além de reformas legislativas.
 
De acordo com o subsecretário da Receita, Bruno Negris, a parceria entre as instituições presentes é muito importante para aprimorar as ações públicas já existentes para o controle e combate à corrupção. 
 
O colegiado será coordenado pelo secretário de Controle Externo do TCU, Edmur Baida. O acordo de cooperação técnica será de 24 meses e pode ser prorrogado, com vigência de até cinco anos. A constituição do Focco no Espírito Santo, a exemplo de outros Estados, tem ainda o objetivo de implementação da rede nacional de combate à corrupção.
 
O evento contou ainda com a presença da procuradora-geral do Ministério Público Estadual, Elda Spedo.
 
Informações à imprensa:
Mayara Alvarenga
Assessora de Comunicação da Sefaz
(27) 3347-5128 / (27) 99746-9479
 

Mais Notícias

  • Foi publicada no Diário Oficial do dia 06 de julho de 2017, nova lei estadual que obriga os estabelecimentos comerciais a disponibilizarem visor voltado para o cliente junto às máquinas registradoras. Na prática, no caso dos supermercados será necessário que o monitor dos check-outs (caixas) esteja...
  • DIFERENCIAÇÃO DE PREÇO À VISTA E NO CARTÃO DE CRÉDITO
    Em virtude da publicação da Lei nº 13.455, de 26 de junho de 2017, que dispõe sobre “diferenciação de preços de bens e serviços oferecidos ao público em função do prazo ou do instrumento de pagamento utilizado, e altera a lei nº 10.962, de 11 de outubro de 2004”, e conforme orientação da...
  • PROCEDIMENTOS APLICÁVEIS NAS OPERAÇÕES INTERNAS COM MASSAS, PANIFICADOS E BISCOITOS
    Em virtude das numerosas consultas e dúvidas surgidas a partir da publicação da Lei nº 10.630 de 28/03/17, que alterou o tratamento tributário do ICMS nas operações com massas não cozidas nem recheadas, biscoitos e pães de todos os cereais sem recheios nem coberturas, a presente comunicação tem por ...
  • Entenda a importância do backup para empresas
    No mundo da tecnologia, costuma-se dizer que, quando se trata de backups, “quem tem um, não tem nenhum”. O ato de criar cópias de arquivos, bancos de dados e sistemas operacionais inteiros está disseminado na maioria das empresas como uma das principais rotinas de segurança digital. Os b...
  • BA: Contribuintes convocados têm até o dia 30 para emitirem a NFC-e
    Relação das empresas que deverão utilizar a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica a partir de 1º de julho está disponível no site www.sefaz.ba.gov.br. Em 2017, a obrigatoriedade valerá para todos os novos estabelecimentos inscritos no cadastro do ICMS da Bahia, exceto as microempresas. Termina no pr...
< 1 2 3 4 5 6 7 8 >
1 de 88 páginas